quarta-feira, 4 de maio de 2011

Sapatos, sandálias e coisas de pés

Ontem, num impulso, comprei estas sandálias ao piolho.


Quando era bebé, tinha muitos pares de sapatos, uns comprava eu, outros oferecidos, mas tinha sempre um para a fazer pendant com as toiletes. A partir dos 11/12 meses, comecei a preocupar-me em comprar calçado com qualidade, pensava eu que ele ia caminhar a qualquer momento. Aprendeu a caminhar descalço, é certo, e apesar de só ter começado a caminhar bem sozinho aos 16 meses, ainda aproveitou os ténis-bota para o Inverno que lhe comprei na Chicco em Novembro. Da nova colecção, e porque os anteriores já não serviam, comprei-lhe também na Chicco uns ténis, em promoção, com 20% de desconto. No entanto, o garoto vai precisar de um calçado mais aberto e arejado para o calor e eu ponderava fazer nova incursão à Chicco... Mas caramba, custa a dar! O pediatra não aconselhou marcas, disse-nos apenas que era fundamental o uso de um bom calçado com reforço no calcanhar.

Andei a pesquisar e encontrei esta marca. Aparentemente, parece-me muito idêntica à Chicco, em termos de qualidade. As sandálias são em pele, têm reforço no calcanhar e aquela protecção à frente. A diferença? Cerca de 25€ para menos [ou por outra, o preço inicial ronda a mesma coisa, mas a loja onde consegui encontrar dá-me ideia que vende colecções anteriores]!!! Alguém conhece a marca Billowy? Eu nunca tinha ouvido falar, mas decidi arriscar. A partir de quando é que deixaram de comprar este tipo de calçado aos vossos filhos e passaram a usar calçado "normal"? Estarei a ser muito picuinhas? Ajudem lá se faz favor.

8 comentários:

Daniela disse...

Eish... eu vou ser crucificada mas a verdade é que foi detectado pé chato ao Gonçalo logo quando ele começou a andar (juntava os joelhos) e mesmo assim eu nunca lhe comprei calçado especifico. Andava mto descalço - mesmo no Inverno, no colégio, andava de meias anti derrapantes - e sempre lhe comprei calçado normal sem grande atenção às marcas. Tanto eu como o pai temos uma predilecção por ténis e como tal era isso que ele calçava e que ainda hoje calça. Conto pelos dedos o número de sapatos mesmo sapatos que ele teve em 7 anos ;)

Daniela disse...

Já agora, o pé dele acabou por ganhar a curvatura normal, por volta dos três anos :)

Ni! disse...

:)))
Eu também prefiro ténis, mas acho que lhe vão fazer calor, sei lá. Sou uma cocó! Na verdade, o que gastámos até hoje resumiu-se a 2 pares de ténis e estas sandálias, mas queria começar a comprar-lhe outras opções mais em conta (na Zara há ténis muito giros, comprei-lhe lá uns ainda ele não andava e isso sim foi dinheiro mal gasto, já não servem :(((((() Obrigada, Danilila [= Daniela com Dalila embutida]

Naná disse...

Espera até ele começar a dizer que gosta mais deste ou daquele... isso acaba por se tornar irrelevante! Eu compro marcas como Zippy, Deeply e ofereceram-me alguns da Adidas. Mas para mim o que importa é ele andar confortável. E no verão, tens mesmo que recorrer a sandálias, porque eles transpiram imenso... pelo menos o F. é demais

Ni! disse...

Sempre que faço este tipo de post, sinto-me uma mãe cocó...
Eu quero o melhor para o meu filho, claro, mas não quero cair em exageros. Como ele só começou a caminhar aos 16 meses, achei que os 1ºs sapatos a sério haviam de ser bons, pronto. Merdices de mãe. Sou uma cocó, sou uma cocó!!!

Tanita disse...

Ni,
o meu ainda não anda, vou aproveitar para ver esta marca e ver os comentários de mamãs mais experientes, para comprar os do meu filhote.

Daniela disse...

Ah! Eu no verão tb lhe comprava sandálias - e mais tarde chinelos e hoje em dia crocs :P - mas tb eram de qualquer marca... por norma na sportzone encontrava giras e em conta :)

E não tem nada de mal em quereres dar o melhor ao teu filho. Em última instância tu, enquanto mãe, és quem sabe o que é bom para ele... Acho mto bem que assim seja! :)

Pirilampo M4gico disse...

Este post bem que podia ter sido escrito por mim...

Nunca liguei aos sapatos até aos 12 meses, altura em que lhe deram uns da Chicco especiais para os 1ºs passos. Até então, tinha andado a maioria do tempo sem sapatos (durante os primeiros 3 meses) e depois qualquer um era bom desde que ficasse bem com a roupa.

Desde essa altura que comecei a comprar Chicco e compro apenas 2 pares por ano. Um para a creche e outro para os fins-de-semana.