sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Nem sei que título dar a isto!


Hoje ao chegar a casa, conversávamos sobre a noite de ontem, em que dei uma trégua ao sono deste meu final de gravidez e saímos para tomar café com uns amigos:


Ele - Ontem quando chegaste à cama aterraste logo...

Eu - Ehhhh, que exagero!

Ele - Sério. Nem 5 minutos passaram. Aliás, até ligaste a mota!


Nem sei se me ria ou se chore! Liguei a mota!?!?!? Dei uns roncos!?!?! Dass... bem diz a minha avó! A tudo se chega se a vida dura...

Ideias para me ofereceres no Natal #2

Este CD!

Sai a 2 de Novembro...

O T-zero virou uma vivenda de 7 assoalhadas...


E às 37 semanas e meia estamos assim!

And my last day at work is...

TODAY!

Este post fica aqui só para assinalar o meu último dia de trabalho antes da chegada do M.


Tou no ir! Aliás...

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

A pena que eu tenho de não poder ir...

SKUNK ANANSIE “GREATEST HITS TOUR”
Coliseu Lisboa 3 de Novembro
Coliseu do Porto 4 de Novembro

A causa é nobre, muito nobre! É o meu pilas que está a chegar!!! Mas que fico com pena de não ir, lá isso fico! :)

Deixo-vos uma das minhas preferidas ali em cima!

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Querido M. #5

Olá pequenino!

Sabes, sinto que a esta nossa viagem está prestes a chegar ao fim. Já não falta muito para nos conhecermos. Todos os dias são um dia mais perto desse momento. E que ansiosa eu já estou!

À medida que vou colocando mais um objecto na mala, só penso no dia em que te vou trazer comigo, no teu "ovinho" azul, prenda dos tios S&T, com aquelas calças de ganga fashion e o body tipo camisa que te comprámos e o casaquinho que a avó P. deu... embrulhado numa mantinha giraça e coberto com uma fraldinha bordada pela tia B. E as botinhas que a bisavó C. tricotou? E os casaquinhos? Um must!

Em casa, vou deitar-te numa caminha linda, patrocinada pelo bisavô A. e com lençóis costurados pela bisavó G. A maluca até te fez um mosquiteiro em tule, vê lá bem...

Na porta do teu quartinho vais ter um quadro com o teu nome. Foi a artista da avó E. que o pintou para ti. O teu quartinho já tem móveis, lindos! Foi o avô L. que ofereceu. Aposto que o avô L. vai ser de todos o mais chorão, quando te puser a vista em cima, hehe! Também lá está a "cama de família", que o bisavô L. nos disponibilizou. Tem passado por todos, já foi da mãe, antes disso já foi do avô L. Veio de outro continente, imagina... toda restaurada e à tua espera!

Ainda não temos a tua banheira. Que luta! Afinal parece que a prima M. ainda usa a dela e sempre tivémos de ir a correr comprar uma! Está encomendada, o pai vai buscá-la segunda-feira, o dia em que completas 38 semanas na minha barriga!

Esse será também o meu primeiro dia em casa, sem ir trabalhar. E eu já ando tão cansada, filho! Tu pesas! E na última semana deves ter descido 2 degraus, porque eu sinto-te a fazer pressão lá no fundo! À conta disso, passo a vida a correr para a casa-de-banho, hihi!

As noites já são mal dormidas e toda a gente me diz que quando estiveres em casa vai ser pior. Não sabem o que dizem, pois não filhote? Tu vais ser, como a mãe costuma dizer, um bebé zen! Super calminho, dorminhoco como o pai, não é!? O verdadeiro come-e-dorme, certo!? Pelo menos foi isso que combinámos nas nossas intermináveis conversas ao longo dos últimos meses!

Queria dizer-te tantas coisas, sinto que me estou a esquecer de metade, pelo menos. A principal é eu e o pai somos apaixonados por ti desde que soubémos que vinhas a caminho. Já antes estávamos apaixonados pela idéia de te encomendar!!! Não percebemos muito de bebés e desta vida nova que nos espera aos 3. Mas não tenhas medo, ok? Temos tanta boa vontade que vai correr tudo bem, de certeza! Daqui a dias o pai já vai ser especialista na muda da fralda e eu uma expert na arte de montar o carrinho!! E também vamos ter ajuda da família [o que inclui os amigos mais chegados, os tios "emprestados"]. Já te disse que somos assim uma família a atirar para o maluquinho!? Mas uma família que te vai amar muito, disso podes ter a certeza. No que depender dela, nunca te vai faltar nada [incluindo boa educação e puxões de orelhas, quando for preciso, ok?]!

Obrigada, filho! Pelos momentos de partilha nos últimos meses, pela gravidez tranquila, por nos fazeres crescer, pelas brincadeiras do toca-e-foge, por nos fazeres rir e sorrir, por nos tornares ainda mais unidos, pela pança linda e redonda que arranjaste à mãe e pelos cabelos brancos charmosos que arranjaste ao pai [é o que ele diz, pelo menos, hehe] e mais uma lista sem-fim de outros pequenos tesouros que já nos deste... obrigada!

Estamos à tua espera [e se quiseres fazer o favor de não demorar muito... a malta agradece, sim?]!

Love U!
Ni!

terça-feira, 27 de outubro de 2009

Leis da Ni! #1


Há dias em que precisava mesmo de escrever para desabafar.
Esses dias são os mesmo dias em que não me sai nadinha de jeito...

domingo, 25 de outubro de 2009

A verdadeira Pata Choca

Sou eu!

Cada vez que passo mais de 5 minutos deitada ou sentada, é ver-me levantar a ver se me equilibro, ao melhor estilo Pata Choca!

De pernoca ligeiramente [coff coff] aberta, ela balança para a direita, ela balança para a esquerda, um passinho de cada vez, devagarinho, empurrando o rabo para trás na tentativa de compensar o peso da pança... conseguem imaginar!? Então agora multipliquem a imagem por 10... et voilá! C'est moi!

1000!




Só para assinalar a 1000ª visita aqui ao 4 mãozinhas! Obrigada!



sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Desafio da Mau Feitio

Querida Mau Feitio [que de mau feitio só tens o nome, parece-me],

Obrigada pela rubrica dos "cantinhos". Até ideias de decoração já lá encontrei, oh yeah!

Leitores (coff coff) e seguidores [não se riam, assumidos já são 10!!!],

Deixo-vos o link para o cantinho do M. no quarto dos pais! Ide ver, gente, ide ver. E partcipai também... É só seguir as instruções!

Ideias para me ofereceres no Natal #1


Não precisa de ser Channel, mas eu quero um tapa-orelhas!

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Doctor, doctor! Give me the news...


Pois é, gente, o M. não está com pressa! Pelo menos não tanta como o resto da família... Se até lá, nada se alterar, é este o cenário:

Dia 4 de Novembro: CTG

Dia 12 de Novembro: O Doutor F. está de serviço à Urgência

Dia 16 de Novembro: completam-se as 40 semanas

Eu continuo a apontar para dia 13, sexta-feira!

Entretanto, dia 30 de Outubro será o meu último dia de trabalho. Depois disso vou dedicar-me a dormir e a tratar dos pequenos pormenores!

Coisas que não vou dizer a grávidas no último mês #1

- "Está quase!"
[Mas tá quase o quê, hum!?!??! Mas por acaso vocês têm o dom da adivinhação e sabem quando vai ser o parto!?!? Hum!?!? Sabem!? Então digam lá que eu também quero saber]!!!

- "Ui, não te aguentas nem mais uma semana"
[Eu aguento as que forem necessárias...]

- "Ainda aqui andas!?"
[Não! Esta não sou eu... é a irmã gémea que eu nunca tive!]

- "Quê? Ainda falta assim tanto?"
[Puft! Pum! Clap!]

- "Já estás tão grande! Em que dia nasce?"
[Ó pá, se eu soubesse era bom sinal. Ia já ali jogar no euromilhões, carago!]

- "Bem! Isso deve estar quase a rebentar, não?"
[Puft! Pum! Clap! Puft! Pum! Clap!]

- "Aproveita agora para dormir!"
[Pois, eu até dormia descansada e de barriga para baixo como eu gosto... mas isso era só se eu conseguisse!]

-"Ai, depois vais ver. Não vais ter tempo para nada!"
[Parai de me rogar pragas, caneco! Ide agoirar para a vossa terra!]

terça-feira, 20 de outubro de 2009

Da pança, em directo

Amanhã vamos espreitar o reguila!

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

M., o bebé mexilhão!

Aqui fica o Trailer da produção do ano!

Título original: M., o bebé mexilhão!
Data: 15 de Outubro de 2009 (às 35 semanas e 3 dias de gestação)
Realização: Pai lá de casa
Produção: caseira
Argumento: ora pois, fomos mesmo nós que inventámos
Protagonistas: Mão do pai, barriga da mãe e M., o bebé irrequieto!

A Estreia ainda não tem dia certo, mas deverá acontecer lá para o princípio de Novembro!

video

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

A minha Vaca Holandesa

E foi hoje, minha gente.


Fui ali a um sítio simpático [há quem lhe chame concessionário] transaccionar a minha JaQuina por um modelito mais jovem, moderno, económico, seguro e confortável.


Foi boa a troca? Foi. Mudasti para melhor? Mudei. Então qual é o teu problema, hãããã!?!?!?


É que a minha (Ja)Quina [está mais que visto que a matrícula era JQ...] já me acompanhava há uns anitos. Tinha um alcunha e tudo, a 'Quina! Conhecíamos as manhas uma da outra. Nunca se zangou comigo quando a deixava [quase] passar sede. Passámos alguns momentos menos bons, que eu até dispensava e tal, mas pronto, foi a minha primeira compra da idade adulta, paga com as minhas poupanças, tida e mantida por mim. Pronto! Que querem que vos diga?! Gostava da minha velhinha!


E agora a outra, a nova. Claro que me entusiasma esta nova relação. Conhecê-la melhor, descobrir para que raio serve tanto botão, brincar aos bancos [inclina, sobe, desce, para a frente, para trás...], ter uma mala espaçosa, um transporte mais confortável e seguro para nós e para o M., muito menos bebedolas que a minha rica 'Quina, etc e tal e tal.


O problema é que gosto de dar nomes às coisas e, para esta, só me ocorre Vaquinha Holandesa! Vocês perguntam porquê e eu pergunto porque não!?

1. Eu adoro vacas.

2. Não tenho nada contra o facto de além de vacas serem de nacionalidade holandesa [pelo contrário, afinal os pastos lá parecem-me bonzinhos]

3. Não me oorreu mais nada... o tico já não faz faísca com o teco, continuo com os neurónios em modo de partilha...


De modos que é assim. Até que me lembre de algo mais apropriado, o M. vai sair da maternidades montado numa Vaquinha Holandesa!

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Querido M. #4

Olá piolhito da mãe,

Não sei se esta vai ser a última "carta" que te escrevo antes de vires espreitar este mundo maluco [em que há pessoas a eleger para presidente de câmara o Major Valentão, imagina...] para onde os pais decidiram trazer-te... talvez sim, talvez não. Estamos grávidos de 8 meses. Diz que o normal são 9, portanto... só nos falta mais 1!

Escrevo-te porque estou ansiosa! No bom sentido, claro. Não ando por aí a bufar de inquietação. Mas penso tanto em ti [como se fosse possível não pensar num pequeno ser que faz aulas de kickboxing dentro da nossa pança]...

Penso que não sei o dia que escolheste para chegar. Sim, porque no fundo, no fundo, quem vai decidir és tu. És o primeiro bebé lá de casa, nunca passámos por esta experiência, tenho medo de não perceber que já está na hora... Patetice, não é!? Acho que as mamãs deviam ter um qualquer sinal exterior de que estaria na hora, mas assim um sinal muito evidente, que não desse para enganar nem para falsos alarmes, tipo... ficar com a unha do dedo grande do pé verde! Pronto... quando a unha ficasse verde, estava na hora de ir para maternidade...
Penso no momento em que te vou poder ver. E só de imaginar o meu coração fica maluco. Vai haver um segundo só nosso, prometo. Eu, tu e o pai. Os três numa sala de partos cheia de gente que nem vemos nem ouvimos. Depois vamos ter muitos momentos desses, a dois e a três, no sossego da nossa casita!

Penso nas visitas... ai meu Deus! Somos assim uma família a atirar para o maluquinho. Estou mesmo a ver o corropio de gente.

E os nervos da mãe quando te começarem a querer apertar e abanar e dar beijos tipo ventosa, apesar das advertências dos senhores entendidos na gripe A!?!? Hum!?!? Não te preocupes, eu e o pai [e as avós, uiui, não se metam com elas] damos conta do recado! Penso que vou estar ansiosa por sair dali...

Penso no dia em que te vou poder levar para a nossa casa. Temos uma caminha para ti no nosso quarto. Por enquanto, é lá que vais ficar, à mão de semear! A seu tempo também vais ter um espaço teu, mas para já, ficas ali pertinho. Não temos pais ricos, nem conta no BES... mas comprámos um bólide novo a pensar na tua segurança e conforto. Provavelmente, é nele que vais fazer a tua primeira viagem até casa!

Penso nas roupinhas lindas que te comprámos e que nos foram oferecendo e que te vão ficar tão bem!!! Às vezes quando pegamos numa peça ou outra, eu costumo dizer ao pai: "ai que este reguila vai ser tão queque..." E rimo-nos! Rimo-nos muito eu e o pai. Somos felizes e estamos felizes com a tua chegada. E aquilo do "queque" é só a brincar, está bem!? :P

Tenho tantos pensamentos, mas tantos, que não cabem aqui!
Amo-te muito!
Ni!

Eh pá! Não há direito...


A Fatinha perdeu as eleições em Felgueiras! Tsss, tsss!
Se continuamos assim, onde é que este mundo vai parar.....?

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Palpita-me...

Estou convencida que o M. vai nascer dia 13 de Novembro, sexta-feira [39W4d].

É só um palpite, óbvio, mas fica aqui registado. Logo hei-de saber se posso jogar no euromilhões ou nem por isso...

Mandem vocês também os vossos "bitaites"!

Estou cansada!

Estou absolutamente esgotada.
Não é só a barriga que me pesa, com isso posso eu bem.

Estou cansada de tomar decisões, de tratar de picuinhices, estou cansada das pessoas que me pagam o vencimento ao fim do mês, da falta de consideração com que tratam a equipa de trabalho, estou farta que se esqueçam que eu também sou gente.

Estou grávida de 8 meses, mais-coisa-menos-coisa, e não dou o mesmo rendimento. Desculpem, mas não dou. Não depende de mim, não faço de propósito, não me escondo atrás da barriga nem nunca tive "achaques" de grávida [se calhar devia ter tido... se calhar foi esse o meu mal], mas a realidade é que nem o corpo nem a cabeça respondem da mesma forma. Temos pena! Paciência! Azar! Ide ter um menino pela barriga das pernas, sim!? Quilhende-vos [que é como diz o avô L.]! F()dei-v()s [que é como diz a neta dele]!

E enquanto vão e voltam, vejam lá se me trazem um aumento [de euros, que trabalho já cá tenho de sobra]. É que já é uma vergonha, meus senhores!

terça-feira, 6 de outubro de 2009

Ai que isto agora é que é a sério...

Acabei de fazer a cama do M. [e é escusado dizerem-me que dá azar fazer a cama do bebé antes do nascimento!!!] e colocá-la no meu quarto...

Ai que nó no estômago!! Ai que isto começa a tomar forma!

O meu corpo já foi amigavelmente invadido por este ser pequerrucho, mas cheio de poder. Aos poucos fui-me habituando às transformações, às limitações, às alegrias e preocupações próprias de quem traz um filho embutido em si. Mas hoje foi especialmente "assustador" [no bom sentido, não me interpretem mal] ver o nosso espaço físico ser invadido por uma caminha linda e imaginar ali os sonos do meu bebé... deitar-me na cama e olhar, tentar perceber se vou conseguir vê-lo, simular a posição do candeeiro, habituar-me a dormir daquele lado da cama, mais perto dele, mais a jeito... Fez-me perceber que as adaptações vão ser mais que muitas, a começar por estes pequenos pormenores, aparentemente sem importância. Vem aí uma vida nova para nós, papá! Vamos ser 3! Estou ansiosa, tenho de confessar! E optimista, como sempre! :)

Adoro-te, filhote! Tenho pressa de te conhecer!

O modelo é este, mas em madeira com os desenhos e frisos a branco.

Hoje vim de ténis

...porque não consegui enfiar umas botas nos pés!

Adivinhando mais chuvinha para hoje, tive ontem o cuidado de ir ao fundo do baú [literalmente] buscar umas botas de cano baixo e quase sem tacão, da colecção do ano passado, para não andar em correrias hoje de manhã...

Orgulhosa desta minha ideia, calcei uns soquetes e comecei a tentar enfiar a pata [literalmente] na minha rica bota... Opção 1: falhanço.

Opção 2: pedir ajuda ao gajo [que estava a partir pedra ferradinho].

Eu: Gajo, ajuda-me aqui a calçar as botas...
Gajo: Eh pá! Estas meias não são muito grossas?
Eu: Não, são as que sempre calcei...
Gajo: Pois, mas agora tens de ver que os teus pés estão mais gorditos... não seria melhor calçares uns ténis!?
Eu: Pois... humpf!

Opção 3: calçar uns ténis!

E o meu programa de domingo à noite foi...

... isso mesmo: ver os ÍDOLOS!!!

Minha gente, eu ri... rebolei... agarrei-me à barriga!

Vamos jogar ao "Que raio de música é esta!?"............ AHHHHHHHHHH! Mais uma reboladela!


E o cromo que é vocalista de uma banda!?: "Foram os nervos... eu queria expulsar a voz cá para fora e não consegui..." Este fez-me lembrar o Ken Lee


E o fininho: "Neste momento estou a acabar um projecto (...) há pessoas que estão desconectadas"... Mas é que há mesmo!!!! "O Júri decidiu serem os únicos a não gostar da minha actuação, o júri está contra mim!"


E agora vou-me ali recompor e já volto!

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Eu gramo destas cenas...

- de sentir o amor no ar, mesmo nos gestos mais pequeninos...
- de crianças
- do cheiro das folhas molhadas
- da cama feita de lavado
- de amendoins
- de bichos
- de música ao vivo
- de um bom CD
- de um copo de vinho tinto
- de café sem açucar
- de perguntar e aprender
- de contrariar a minha mãe
- do sorriso aberto do meu pai
- dos mimos das minhas avós
- de receber um presente inesperado
- de escolher uma prenda para oferecer
- de inventar pratos
- de me deixar contagiar por um ritmo diferente
- de ficar em casa à lareira
- de escrever
- de descobrir blogues interessantes
- de mimar (de ser mimada também)
- de fazer ronha...
- gosto de mim!
- E de ver a barriga a crescer... :)