sexta-feira, 11 de março de 2011

Soltas


Ontem fomos à consulta das alergias, saber o resultado das análises feitas em Fevereiro. Os índices [não sei bem se é assim que se diz] baixaram, tanto para o gluten, como para a clara de ovo. No entanto, não foi o suficiente para nova prova de provocação. As indicações são para manter a dieta isenta de gluten por mais 6 meses e repetir as análises. Quanto à clara de ovo, segundo a médica, nas próximas análises já devem vir valores negativos. No entanto, a vacina dos 15 meses [que temos vindo a adiar por causa do ovo] terá de ser ministrada em ambiente hospitalar. Não me queixo. Em comparação com outros problemas, estas alergias não são nada.


Siga para bingo.


O rapaz está prestes a caminhar sozinho. Já dá imensos passos, sobretudo quando se distrai. É trapalhão que só visto. E tem uma pressa que assusta. Já dizia a minha avó que a pressa é inimiga da perfeição :D O garoto mete a primeira e se não estamos atentos... "pum, caiu".


Quanto ao discurso, bem... fico parva com as coisas que ele já diz. É que fico mesmo. Tem pouco mais de 15 meses e já se consegue ter uma conversa simples com ele. Sabe o nome de toda a gente, mas não diz o nome dele. Sabe o nome da bicharada toda dos puzzles e dos livros, conhece o "cuáua" [koala] e o "cuguru" [canguru] e o "leão", o "pôco", a "baca", o "gato", o "cão", o "tigue", o "cauala" [cavalo], o "pato", o "pi-piu"... Gosta de brincar com o seu "mião" [camião], de mexer no "pilau" quando lhe mudamos a "fáua". Adora brincar na "água" [ele diz mesmo água] do banho. Está constantemente a pedir "chão" quando o temos ao colo e quando sai da cozinha só quer ir para a "xala". Diz "xopa", "banana", "machã", "pêia", "queija" [queijo], "lacalau/bacalau", "peixa", "xixa", "calhir" [colher] e quando perguntamos de a comida está boa, responde: "huummmm" [aquele humm que nós usamos para "sim, que delícia"] ou "tá quenti"! O avô é "" e a avó é "", mas como tem muitos [entre avós e bisavós], distingue-os pelos nomes. Imita alguns animais, o cão, o gato o porco, o pato e, ocasionalmente, um ou outro que surja no momento. Canto-lhe o "atirei o pau ao gato" e no fim ele faz "miaaaaaau"! Já não diz só "não", agora já responde "xim" quando lhe interessa. E não me posso esquecer da "chaupeta" :)))))
Há mais, palavras soltas muito bem pronunciadas, outras que ainda não descodificámos. E todos os dias aprende mais. É lindo de ver :)


E tudo isto é dito com uma expressividade que me enche o coração... É um orgulho ser mãe. Mais ainda ser tua mãe.

2 comentários:

Tânia (Mamã do Santiago) disse...

Ele está realmente super desenvolvido na fala :D
No andar isso é de um dia para o outro...quando deres por ele ja corre...

E sim, não a nada melhor que ser mãe, eu não quero ser ser a melhor mãe do mundo, quero apenas ser a melhor mãe dele!

Tanita disse...

Já fala imenso. Boa!
Bj**