terça-feira, 5 de julho de 2011

E para desanuviar

Temos um mini-gajo das letras lá em casa. Entre o tapete que lhe comprámos para brincar mais à vontade [que tem letras e números], os episódios do Super Why [que são a única coisa que o prende verdadeiramente à tv] e um jogo de letras tridimensionais com iman, o garoto aprendeu o alfabeto. Não estou a brincar. Obviamente não o diz de seguida [credo, cruzes, canhoto que eu internava-me já], mas conhece as letras TODAS, incluindo W, K e Y [pissilóne]. Hoje de manhã, como se isso não bastasse, olhou para a t-shirt do pai e disse: "Ah! Um "a" minúsco".

Palavra de honra que isto me assusta. É óbvio que acho piada e fico toda orgulhosa, mas... a este ritmo é demais.

Letras à parte, sabe todas as partes do corpo, do cabelo às unhas, das mãos aos pés [direito e esquerdo], da testa ao nariz e à boca... acho que só ainda não o ouvi dizer cotovelo, joelho e tornozelo. De manhã, diz-me coisas como "olá. tudo bem? como tás?" ou "já acodou, o menino já acodou, mamã!"

Tem o vocabulário de uma criança de 3 anos, sem exagero. Faz frases, conhece as noções e faz referência a perto e longe, aqui e ali [e além], em cima e em baixo, grande e "pequelino", enfim, uma série de opostos. Comunica na perfeição, se não o compreendemos, ele lá arranja maneira de se explicar. Sabe o nome de todos os animais e sabe imitá-los. Quando não se lembra, pergunta: "mãe, como se chama ête?" É curioso, faz muitas perguntas e eu confesso que só contava com esta fase mais adiante!!!

Continua a ser um bocadinho trapalhão em termos de destreza física. Os degraus [mesmo os pequeninos] continuam na maioria das vezes a constituir um problema, sobretudo porque ele caminha a olhar para todo o lado menos para a frente! Não tem o hábito de trepar para cima das coisas [sofás, cadeiras, bancos] e nós também não o incentivamos. Só tenta trepar para a banheira :) Já o vi subir degraus altos, mas nunca de gatas. Ou consegue subir normalmente [apoiando-se a um corrimão ou parede] ou não sobe. Consegue comer sozinho, mesmo a sopa, e nem faz tenda por aí além. O problema é que se eu lhe deixo o prato à frente me distraio, ele enfia 3, 4 colheres na boca de seguida e não há meio de perceber que tem de mastigar e engolir antes de enfiar outra colherada. Teimoso.

É niquento, aliás, é a pessoa mais niquenta que eu conheço. Não pode apanhar um cabelo ou uma linha do tapete. Faz ar de nojo e chama-me "ai! mãe! uma linha! um cabelo!". O mesmo se por acaso suja a mão com a comida "a mão tá suja, mãe. a mão tá muiada [molhada]", o que faz das refeições uma aventura, porque lhe estou de 30 em 30 segundos a limpar as mãos com um toalhete, ora porque têm migalhas, ora porque estão húmidas de pegar na fruta, por exemplo.



É assim o meu filho. O meu bebé cada vez mais menino.

7 comentários:

Pirilampo M4gico disse...

Adorei o post :)

Tens um menino muito crescido para a idade que tem! A minha não faz ideia das letras ainda, sabe distinguir o nome dela e sabe(para além do que referiste, partes do corpo e animais) sabe as cores.

Fartei-me de rir com a parte do ninquento porque a minha é igual. Hoje "obrigou-me" a lavar as crocks porque tinham lá um bocadinho de nada sujo e ela disse "sujo mãe, tá sujo" e eu vá de limpar senão ela não os calçava. Leva o tempo todo a apanhar cada bago de arroz que caí.

Não escrevo este post para qualquer tipo de comparação do "o meu é melhor do que o teu, nem a minha é melhor do que o teu". É apenas para constatar como cada criança é tão diferente, mas depois tem coisas tão iguais :) E como são os nossos amores, com todos estes "defeitos e qualidades".

Ni! disse...

Pirilampo, obrigada pela tua partilha e simpatia. Não sei como não me lembrei das cores!!! Sabe o básico (vemêlio, amarelo, cô-de-lianja, azul, banco e a minha preferida: cô-de-verde) ahahaha

São demais. Há uma frase de uma velhinha campanha contra o racismo (anos 80/90) que me vem sempre à ideia: todos diferentes, todos iguais! E com as crianças é assim mesmo :)

Beijinhos

Tanita disse...

Ni,
ele tem tempo de começar a falar correctamente.
Nós também temos um tapete desse mas o Manel desmonta-o todo, o teu não se diverte a fazer isso?
Bj**

Ni! disse...

Tanita, eu não tenho pressa, pelo contrário, acho que ele é que vai depressa demais :)
Quanto ao tapete, tiras as letras, claro, e tenta desmontar os quadrados, mas só quando se lembra, quando lhe dá para isso. Agora quer é correr :)

anasantos79 disse...

Ele é unico e realmente muito desenvolvido verbalmente :)

parabéns Ni pelo filhote maravilhoso que tens!

Ni! disse...

Obrigada Ana.
Únicos são eles todos :), cada um à sua maneira. Beijinho para o Tanguinhas lindo.

cuca disse...

Pelo que tenho lido sobre o teu filhos nos teus posts parece-me que ele fala imenso para a idade que tem!!! Fabuloso. O David tb tem um tapete desses mas com animais, desmonta-o todo e morde-lhe!!! Esse tapete está cheio de marcas dos dentinhos dele.