terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Maré

... de azar, pois claro.
Hoje tive um daqueles dias compriiiiiiiiiiiiiiiiiidos, trabalhosos, emocionalmente desgastante. Fui jantar a casa do meu pai e no regresso tenho a casa a cheirar a cocó. Juro. Como se mil fraldas sujas tivessem ficado esquecidas durante horas num apartamento fechado e ao sol. Não sei o que raio se passa, nunca tinha acontecido. Provavelmente a merda a porcaria da chuva aliada à falta de limpeza dos esgotos terá provocado algum entupimento nas caixas e o cheiro veio por aí acima.

Mas isto não é o mais importante. Numa tentativa de fazer água correr pelos canos a ver se me livrava do cheiro, fui descarregar todos os autoclismos e abrir todas as torneiras. Acabei a levar com uma tromba de água gelada na tromba cabeça abaixo.

Só a mim.

2 comentários:

Tânia (Mamã do Santiago) disse...

bahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh

mão da mãe disse...

é precisamente nestes dias que parece que tudo nos acontece!