quarta-feira, 12 de maio de 2010

Tsunami nocturno


Desde que comecei a trabalhar, o meu anjo de candura que dormia 'sugadito' a noite toda, transformou-se num tsunami nocturno. Foram muitas mudanças em simultâneo e eu não consigo perceber se é tudo junto ou se algo em particular o deixa tão agitado. Mães mais experientes, por favor, opinem.

Notas:

- Eu comecei a trabalhar e ele fica na minha avó. Faz sestas durante o dia, tal como fazia quando estava comigo. Os horários das refeições não se alteraram e continua a comer muito bem.
- O pai esteve fora uma semana
- O piolho aprendeu a virar-se e nunca mais ficou quieto na posição 'deitado'
- Teve uma crise de eczema atópico, que entretanto já acalmou [até ver]
- Apesar da pediatra dizer que não vê lá nada, o garoto não para de rilhar as gengivas onde quer que chegue com a boca [dentes!?!?!]
- Tem dias em que chega a fazer 5/6 cocós [dentes!?!?!]
- Não tem febre
- Tem sonos muito agitados, esperneia, destapa-se, queixa-se, mas não chora

Eu gostava tanto de o perceber... e de conseguir não me levantar uma dúzia de vezes por noite também...

4 comentários:

Loira disse...

não chora, porque é que lá vais? Se calhar destapa-se porque tem calor! O Rodrigo a partir da altura que se começou a virar sozinho, também tinha o sono mais agitado, mas eu não vou la muda-lo... ele escolhe as posições que quer... quando se mete em alguma mais maluca e não consegue sair (tipo, com as pernas fora das grades), klá chora para pedir ajuda! Também o tapo, mas se ele se destapar, eu deixo.

Os dentes, umas semanas antes, ves mesmo o dente por baixo da gengiva, branquinho, náo tem erro :)

Ni! disse...

Acho que o problema é o que o piolho ainda não está no quarto dele e, assim, mesmo ali ao lado, tenho tendência a levantar-me ora para lhe por a chucha, ora para o tapar, porque acordo a toda a hora com os seus "barulhinhos de bebé"...

Também não insisto em tapá-lo quando ele se destapa, mas acabo por aproveitar para puxar o lençol, quando acordo por qualquer motivo...

Olha, sei lá. Ando cansada. Acho que vou passá-lo para o outro quarto, coisa que tem vindo a ser adiada ou pk está doente, ou pk são muitas mudanças juntas... pk vontade de lhe (nos) dar mais independência, nós temos...

E quanto a dentes, não vejo lá nada branquinho... mas não deve tardar a aparecer, digo eu.

Li Fresca disse...

Ó Ni, eu especialista em noites mal dormidas vai para 4 looooooongos anos, deixo-te aqui um conselho prático: experimenta mudá-lo para o quarto dele. As minhas noites mal dormidas têm outro motivo, que é as amigdalas (já te disse que vai ser operada?), mas foi o conselho que o meu pediatra me deu sempre e com a Madalena resultou.
Beijos e se puder ajudar já sabes, procura-me.

© ●•ƬéƬé £ XαVιєя•● disse...

É natural que todas as mudanças o afectem com a agravante da tua ansiedade por teres que o deixar… mantêm uma rotina certa que ajuda. Espero eu ;o)

Dos dentes, entre os sintomas e o rompimento demora algum tempo.

Beijos
Tété & Xavier