quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Divagações sobre a blogosfera

A blogosfera tem tanto de positivo como de merdoso.

Quando criei o blog, esteve tempos e tempos sem um único seguidor/leitor. Eu simplesmente não o apresentei a ninguém. Só o meu marido e uma amiga tinham acesso às minhas parvoíces.

Quando comecei a ganhar "coragem" para comentar noutros blogs, foram chegando aqui uma ou outra comentadora e assim se tornou público este cantinho.

Lembro-me que a primeira "outsider" foi a minha querida Daniela, na altura da minha gravidez. Depois foram chegando outras e eu ia acrescentando alguns blogs interessantes à minha lista ali do lado direito.

Alguns já foram com as couves, que uma gaja não tem paciência infinita para "pipoquices", se bem me entendem.

Outros, com muita pena minha, deixaram de escrever. Mas eu mantive-os ali, na esperança que um dia voltem a inspirar-se.

Outros começaram a desiludir-me e ainda não decidi muito bem o que lhes fazer, porque tenho dias em que me farta tanta "cocozice".

E depois ainda tenho uma outra categoria, a que chamo os meus guilty pleasures, ou seja, detesto a maioria do que se lá escreve, ou a postura do/a blogger em si, mas não consigo deixar de me deliciar com tanta parvoíce, mesquinhice, presunção, burrice, falta de coerência, etc.

Por norma, limito-me a constatar que existe mesmo gente muito estúpida. Não costumo comentar ou alimentar polémicas quando não tenho nada de positivo a acrescentar. Mas já me aconteceu não morder a ponta dos dedos e destilar a minha indignação. Isto leva-me a outra constatação. Há pessoas que escrevem [para si próprias, dizem elas] e que deliram com a legião de comentadores que diz amén a tudo quando é post. Mesmo que o de hoje seja o contrário do de ontem. Nunca gostei de carneiros, vá-se lá saber porquê... Quando aparece alguém que não concorda ou dá uma opinião diferente numa caixa de comentários que existe para isso mesmo "o blog é meu e eu escrevo o que eu quiser". Desisto!

Mesmo assim, o meu balanço é claramente positivo. Este blog já me trouxe muita gente boa que de outra forma nunca iria ter o prazer de ter na minha vida. Siga para Bingo!

10 comentários:

macaca grava por cima disse...

;-) concordo em grande parte com este post... Tal como na farmacologia, enquanto os benefícios forem superiores aos riscos, acho q vale a pena andarmos por aqui

Margot disse...

Aos parvos não se liga e eliminam-se as parvoices de comentários.
Eu gosto do teu cantinho, espreito sempre.

Margot

Ni! disse...

Margot! Tu foste uma das minhas últimas aquisições :)

macaca, é isso mesmo!

Loira disse...

Tu queres é uma agenda nova!!!

Ni! disse...

Foi por causa disso que me lembrei de fazer o post :)

Sónia disse...

Ainda bem que me encontraste de novo!!! por causa do maldito virús perdi muitos dos blogs que seguia no outro cantinho :)
Mas agora estou de volta!!!
Beijo grande

Kiki disse...

CONCORDO! ;)

Tanita disse...

E pronto disseste tudo! :)
Bj**

Naná disse...

Nunca tive pachorra para pipoquices... e realmente as cocozices também já vão ficando monótonas.
E eu tenho um saldo bem positivo da blogosfera, é como dizes, há pessoas que conhecemos que de outra forma não se seria possível!

Pirilampo M4gico disse...

Eu já não sei viver sem a blogosfera...