sexta-feira, 16 de abril de 2010

Esclarecimento


Não me adianta de nada escrever este esclarecimento aqui, porque quem deveria lê-lo não vai ler de certeza. Simplesmente porque não tenho o blog divulgado entre família, amigos e conhecidos, salvo 2 ou 3 excepções. Mas vai na mesma... em jeito de desabafo!

Então é assim, minha gente: EU NÃO SOU COMICHOSA em relação ao meu filho!

Eu simplesmente odeio que me lambusem o garoto de beijos, eu nem sequer gosto que lhe dêem beijos, sobretudo na cara e nas mãos que vão direitinhas à boca. Então se for a senhora que eu nunca vi mais gorda e que encontrei ali no elevador do centro comercial, nem sequer gosto que lhe toquem ou lhe façam cruzes na testa com o polegar...

Também não tolero que o acordem de propósito ou que não o deixem dormir, mesmo quando ele já nem consegue abrir os olhos, só porque "ah e tal, deixa-me consolar... tu estás sempre com ele, nós não..." Temos pena, pessoal. Menos, muito menos!

Mando-me às paredes quando o tentam distrair enquanto ele come, seja na mama ou sentadinho na sua cadeira. Devia partir do bom senso de cada um, eu sei, mas isto acontece mesmo quando eu peço educadamente que não o distraiam enquanto come...

E podia ficar aqui toda a tarde nisto, mas quero apenas dizer que não sou eu que sou comichosa. Vocês [não são vocês, leitores... são as muitas melgas que me rodeiam] é que são egoístas, porque se preocupam muito mais em ficarem com a barriga cheia de tanto estoirar o miúdo do que em respeitar os ritmos, horários e hábitos de um bebé. Isso sim, era uma coisa esperta!

Tenho dito!

3 comentários:

Lebasiana disse...

Tive muitas discussões por pensar exactamente da mesma maneira que tu! Na hora de dar de mamar, optava por me "afastar" e ia aos arames quando teimavam em chuchar os dedos do Pedro... ele era bebé e teimava em meter os dedos na boca das pessoas, mas eu achava que elas nãod eviam aproveitar a deixa para chuchar o dedo que seguidamente ele levava à boca!

Discuti muito... mesmo com o meu pai, mas de pouco valia! Enfim... com o tempo, passou...

Quanto ao acordar o miúdo... UI! ISSO NÃO DEIXAVA! as pessoas iam-se embora e nós é que ficavamos ali a aguentar com o puto completamente atordoado, não?!
Beijocas!

Agridoce disse...

Não tenho filhos, mas se algum dia tiver, acho que vou ser bem pior do que tu. Já que tenho fama de ter mau feitio, vou ter o proveito também!...

© ●•ƬéƬé £ XαVιєя•● disse...

Não poderia estar mais de ACORDO!!!
O que já me chateei às custas de situações do género... c@guei e andei até porque o filho é MEU!!!

Beijos
Tété & Xavier

PS - 50 anos de vida em conjunta é uma bênção, nos dias de hoje. PARABÉNS aos teus avós e que vivam juntos e felizes outros tantos!