sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Estado de exaustão

Hoje é dia 12 de Agosto. Ainda não conheço o calendário das festas para Setembro, mas vou assumir que pior que Agosto não pode ser. Nestes 12 dias, o meu marido passou 1 [um, para que não restem dúvidas] em casa. Nos próximos 19 dias, teremos direito a mais 1 [um, para que não restem dúvidas] e esse 1 será o 31 de Agosto.

Este mês é comprido demais para a minha pequena camioneta. Fim-de-semana prolongado? Pois sim. Se isso significasse descanso, eu juro que rejubilava convosco. Mas não. Fim-de-semana para mim significa apenas não vir ao escritório. Estar sozinha com uma criança de 20 meses com a energia do meu filho é dose. A casa, a roupa, os banhos, as correrias, as compras, as refeições... Continua a valer-me o meu pai, que é o melhor do mundo e me ajuda na parte da companhia.

Se fossem só estas as minhas preocupações, diria que estava a ter um verão duro, mas de cabeça erguida tenho a certeza que estaria a passar ao lado da maioria das picuinhices do dia-a-dia. Mas não. A minha vida, em cerca de 2 meses, virou de cabeça para baixo. Eu não estou psicologicamente bem e isso reflecte-se tanto, mas tanto a nível físico que às vezes nem me lembro de ter adormecido/acordado/comido. Vai-me valendo o meu filho. Parece um cliché, mas agora dei-me conta que por eles somos mesmo capazes do impossível.

Estou tão cansada.

8 comentários:

Kiki disse...

Compreendo-te a 100%... O meu marido tb viaja muito! E eu fico muitas vezes sozinha com os dois!... Ao teu de 20 meses, junta uma costura de cesariana e um bebé de 2 semanas. Foi assim que fiquei 2 semanas... Sozinha... com a casa, as roupas, as comidas, as compras... E o cansaço que se apodera de nós... E a cabeça que só pensa em disparates... E o espelho que não ajuda... E os problemas da vida que parece que insistem em chegar todos ao mesmo tempo! E quando uma pessoa pensa que está quase a resolver-se, aparece outro para chatear!
Resta-me desejar-te muitas felicidades e ânimo! O ideal era tirares 2 dias só par ti! Se isso for possível... Uns momentos só nossos e umas noites descansadas são o melhor remédio para recarregar energias! :) beijinho

Tânia (Mamã do Santiago) disse...

Não posso dizer que compreendo pq nunca passei por isso, mas acredito msm que seja MUITOS dificil :(

Ni! disse...

Kiki e Tânia,
Obrigada. Eu sonho com esses dois dias, uma noite, umas horas, o que seja. Há-de ser possível, quando o trabalho do J. abrandar. Até lá.. é ter muita força e aguentar.

Naná disse...

Minha querida sei bem do que falas... quando o meu pai esteve às portas da morte e eu andava em deslocações profissionais enormes, o meu cérebro desligava-se. E tantas e tantas noites que fico sozinha com o F.
Mas por ter passado por isso, sei de certeza que isso que te está a acontecer vai passar, e depois vai ser apenas uma nuvem mais escura na tua vida!
Força amiga! Se precisares de alguém só para te ouvir e quiseres "despejar", apita!

Dreia disse...

Aquele abraço Ni!
beijinho

Pirilampo M4gico disse...

Eh pah, se morasses aqui ao pé, eu dizia que o podias deixar aqui uns dias e ias descansar :) A minha tinha com quem brincar e tu descansavas e aqui somos dois...

Vê lá se te animas que nos teus posts está para ver que se já não estás, para lá caminhas, para uma "deprée". Cuida-te linda...

Tanita disse...

Oh Ni, deve ser dificil estares assim e sozinha, mas acho que não é demais dizer-te que apesar de não te parecer os dias passam depressa. Tenta descansar e fazer os mínimos, a casa que se lixe. Trata do teu filhote e vai dormir. E recupera as tuas forças. Se precisares de alguma coisa diz.
Bj**

© ●•TéTé £ XαVιєR•● disse...

Entendo-te, como mãe sem ajuda, e embora hajam dias menos bons os “muita” bons compensam, pelo menos no que toca à maternidade.

Do resto, que pelas tuas palavras parece muito, só espero que não seja nenhum problma de saúde... mesmo!

Beijocas
Tété & Xavier